Comprar Ingressos

MÚSICA

Marcos Campello: Viagem Não-linear ao Centro da Abstração em Ruínas

Marcos Campello: Viagem Não-linear ao Centro da Abstração em Ruínas

01.04.19: segunda às 20h

O presente trabalho intitulado 'Viagem Não-linear ao Centro da Abstração em Ruínas' deriva da síntese dos trabalhos 'markitoahmiriamminitrio' (2018), 'Assovios' (2006), 'Ifallucci' (1999), 'Venta' (de Lukash - 2018), 'li o vão o sol' (2018), 'Onda de Beleza Natural' (2017) e 'Bamsa' (2015). Dada a circunstância, qualquer esforço para antecipar resultados seria danoso ao futuro, a menos que tenhamos algum aleph à mão. Narrativas paralelas interrompidas jorram nesse universo, e os centros gravitacionais têm a prerrogativa de atrair as partes mais polarizadas, criando assim sínteses-retalho. Nosso trabalho é urdir, indolentemente, o manto ébrio da meta-síntese-retalho, onde poderemos chafurdar na vida livres da prosódia higienista do literalismo verbal e comportamental vigentes.


MARCOS CAMPELLO

Guitarrista e compositor. Organiza sons sozinho e com várias pessoas. Com o trio de freenoiserock carioca Chinese Cookie Poets, lançou quatro álbuns e tocou em vários países da América Latina e Europa. Dedica-se, também, a outros projetos como o duo de freesambajazz Lofisofia, com o baterista Daniel Fernandes, que tem dois álbuns lançados; o trio com a saxofonista austríaca Franziska Schroeder e o baterista Renato Godoy, que tem o álbum "Barely Cool" lançado; o duo OCO, com o compositor e pianista J.-P. Caron, que tem dois discos lançados; e seu trabalho de guitarra solo, com o álbum "Bamsa".


Compôs, arranjou, tocou e produziu o disco "Você na Nuvem", em parceria com Claudia Castelo Branco. Gravou guitarras nos discos "Tara", "Ilhas de Calor" e "Niños Heroes", de Negro Leo; "Ava Patrya Yndia Yracema", de Ava Rocha; "Peixe", de Michele Leal; "Haicu", de Pedrinhu Junqueira e Júlia Shimura, "Amarelo", de Bruno Cosentino, entre outros. Tem se apresentado ainda ao lado de artistas da nova cena carioca como Ava Rocha, Negro Leo, Fernando Temporão, Bruno Cosentino, Lila e Michele Leal.  Gravou discos de duos insanos, como "Paris, 1924" (com o baixista Felipe Zenícola), "Filipinas" (com o guitarrista Kiko Dinucci), "Garlic" (com o saxofonista Alexander Zhemchuznikov) e "Viash-Prynz" (com o noiser Cadu Tenório).


FICHA TÉCNICA

Marcos Campello | máquinas, programações, pilotagens e performance

MÚSICA

Beto Villares: amostras emocionais 03, 10, 17.02 e 02.03.20: segundas às 20h

Beto Villares: amostras emocionais

MÚSICA

Zé Antonio e Fabio Golfetti: Psicodélico 04.02.20: terça às 20h

Zé Antonio e Fabio Golfetti: Psicodélico

CINEMA

Julia Zakia em curtas 05.02.20: quarta às 20h

Julia Zakia em curtas

MÚSICA

Joana Queiroz + 6: Emaranhados 11.02.20: terça às 20h

Joana Queiroz + 6: Emaranhados

CINEMA

Leandro Goddinho em curtas 12.02.20: quarta às 20h

Leandro Goddinho em curtas

DANÇA

Beth Bastos e Núcleo Pausa: Performance-observatório 13 e 14.02.20: quinta e sexta-feira às 20h

Beth Bastos e Núcleo Pausa: Performance-observatório

MÚSICA

Livia Nery convida Luiza Lian: Beco do sossego 18.02.20: terça às 20h

Livia Nery convida Luiza Lian: Beco do sossego

CINEMA

André Bomfim em curtas 19.02.20: quarta às 20h

André Bomfim em curtas

DANÇA

São Paulo Impro Orquestra: Gume 20 e 21.02.20: quinta e sexta, às 20h

São Paulo Impro Orquestra: Gume