Comprar Ingressos

DANÇA

Danilo Patzdorf: Clamor

Danilo Patzdorf: Clamor

22.02.19: sexta, 20h

Clamor é um solo de dança que aciona forças ocultas para revelar a tensão que nossos corpos ocidentalizados enfrentam diariamente ao negar ou desconhecer os seres encantados que estão soterrados sob o território brasileiro. Ao sintonizar uma carne doente com um espírito esfacelado, esse corpo individual se transforma em um canal temporário de conexão coletiva com o substrato mágico do qual somos continuamente expropriados, invocando outros modos de pensar, sentir e agir que não a partir da ignorância, da ganância e do cinismo institucionalizados na nossa intimidade, na nossa história e na nossa cultura. Por meio de movimentos agonísticos, músculos se contorcem violentamente até acessarem um estado de transe em que o delírio se sobrepõe à razão, clamando um destino mais extático do que austero, mais vigoroso do que depressivo, mais corajoso do que ansioso, mais sábio do que truculento, mais alegre do que assassino.


Ficha técnica:

Concepção, direção e atuação: Danilo Patzdorf

Duração: 40 min.

Classificação etária: +16

Crédito do fotógrafo: Robson Ledesma

TEATRO

Rudinei Borges dos Santos: Sertão sem Fim 14.06.19: sexta-feira às 20h

Rudinei Borges dos Santos: Sertão sem Fim

MÚSICA

André Abujamra: As 9 faces do Sr. Abu 03, 10, 17 e 24.06.19: segundas-feiras, às 20h

André Abujamra: As 9 faces do Sr. Abu

MÚSICA

Bel la: Re-verso 18 e 25.06.19, terças-feiras, às 20h

Bel la: Re-verso

TEATRO

Rudinei Borges dos Santos: Transamazônica 06,13 e 27.06.19: quintas às 20h

Rudinei Borges dos Santos: Transamazônica

TEATRO

Rudinei Borges dos Santos: Todo Sacrifício Feito em teu Nome 04 e 05.07.19: quinta e sexta-feira, às 20h

Rudinei Borges dos Santos: Todo Sacrifício Feito em teu Nome

LITERATURA

Sinapses Poéticas: Paulo Mendes Campos por Xico Sá 31.07.19: quarta às 20h

Sinapses Poéticas: Paulo Mendes Campos por Xico Sá

LITERATURA

Sinapses Poéticas: Sylvia Plath por Cida Moreira 28.08.19: quarta às 20h

Sinapses Poéticas: Sylvia Plath por Cida Moreira